Topo

Música em tempos de coronavírus

O papel da música que une as pessoas e cura as almas
Música em tempos de coronavírus

Música em tempos de coronavírus

coronavírus e música

Abram as janelas, vamos tocar todos juntos!

 

Aconteceu na Itália na semana passada, graças a um convite que se espalhou pelas redes sociais. Assim, no dia e horário marcado, em todas as cidades italianas, abriram-se as janelas e as pessoas começaram a tocar e a cantar! Cada uma tocando o seu instrumento, cantando a própria canção favorita. Em vários casos, as pessoas se juntaram para cantarem e tocarem juntos.

 

Assim aconteceu a mágica: durante a quarentena devida ao coronavírus, as pessoas se juntaram, para sentir-se parte de um grupo! O elemento aglutinador? A música, é claro!

Não há dúvida de que estamos passando por um momento complicado. De tempo em tempo, a humanidade é acometida por alguma doença ou praga que deixa marcas na história e é bem provável que o coronavírus esteja nos proporcionando um desses momentos.

Música que une, mas também música que cura as almas

 

Em situações como essas, tocar um instrumento ou cantar pode ser uma atividade “de cura”, algo ao qual se dedicar com paixão e que nos permite momentos mágicos, importantes.

A música pode ser um remédio que proporciona o bem-estar, tendo um impacto direto no estado mental, de resposta ao estresse cotidiano.

Canções e músicas ligadas a certos períodos da vida, à infância, ao primeiro amor ou a uma viagem, constituem a memória musical de um indivíduo, algo precioso com o qual entrar em contato em tempos de coronavírus, de incertezas sobre o nosso amanhã.

Pessoas do mundo inteiro começaram a criar canções desmistificando o Covid-19, fazendo paródias ou, simplesmente para dizer “I hate you coronavirus” – eu te odeio Coronavírus.

Das janelas às redes sociais

Acontece agora mesmo: músicos do mundo inteiro se juntam nas redes sociais para alguma live. Assim, os lares das pessoas se abrem ao mundo e à visita, mesmo que virtual, dos amigos. Isso é fantástico! Se você toca um instrumento faça parte ativamente desse movimento.

Redação Terra da Música
Sem comentários

Deixe seu comentário