Topo

Tonalidade expandida: as regiões das tonalidades vizinhas

Tonalidade expandida: as regiões das tonalidades vizinhas

 

Fixando os conceitos da tonalidade expandida:

De forma tradicional, as teorias harmônicas indicam as tonalidades vizinhas como as primeiras fontes para o enriquecimento da harmonia diatônica.

No específico, observamos já que as tonalidades vizinhas trazem para a tonalidade os II-V7 secundários da tonalidade principal.

 

 

 

 

Tendo a tonalidade de C como referência, observamos abaixo os clichês II – V7 de cada tonalidade vizinha. Esses clichês II – V7 representam, para a tonalidade principal, os seus II-V secundários.

 

 

Mas a contribuição das tonalidades vizinhas para a tonalidade expandida não se limita apenas ao empréstimo dos segundos cadenciais secundários.

 


 

Leia também: “Harmonia: As tonalidades vizinhas:

Turi Collura

Turi Collura é pianista, compositor, músico profissional. Atua como professor em Cursos de Pós-Graduação, em Conservatórios e Festivais de música pelo Brasil e no exterior. Formado na Itália em Disciplinas da Música (Bolonha) e na Escola de Jazz (Milão), é Mestre pela UFES, e Pós-graduado pela mesma Instituição. Turi é Coordenador Pedagógico do Terra da Música e Professor de alguns cursos online. É autor de métodos em livros e DVD (Improvisação, Piano Bossa Nova, Rítmica e Levadas Brasileiras para Piano), alguns dos quais publicados pela Editora Irmãos Vitale e com tradução em inglês. Ativo na cena musical como solista, músico de estúdio e arranjador, tem participado da gravação/produção de diversos discos. Em 2012, seu CD autoral “Interferências” ganhou uma versão japonesa. Seu segundo CD faz uma releitura moderna de algumas composições do sambista Noel Rosa.